Áreas

13/03/2017 - 16:30

Desde a implantação do sistema de Processo Administrativo Eletrônico (PAE), ferramenta que permite a tramitação de documentos e processos administrativos em formato digital, entre os órgãos da administração estadual, o Governo do Estado do Pará economizou mais de R$ 2,4 milhões em recursos públicos.

Todos os órgãos do Estado e mais de 1700 servidores já receberam o treinamento para utilização da ferramenta. “O sistema já está implantado em todos os órgãos, com isso ganhamos tempo na localização e acompanhamento de documentos e processos, eliminamos perdas, e gerou-se economia no gasto com combustível usado no deslocamento de servidores entre os órgãos para fazer o protocolo de documentos físicos; além da economia com papéis e toner”, explicou o servidor Roberto Galúcio, da Secretaria de Estado de Administração (Sead), que fez o treinamento dos servidores nas secretarias e agora faz as visitas de acompanhamento.

De junho a dezembro de 2016 foram criados e tramitados mais processos eletrônicos do que nos dois primeiros anos de utilização do sistema. Isso se deu em função da necessidade de racionalizar e maximizar recursos públicos, sobretudo com combustível e papel, já que os processos físicos são transportados, na maioria das vezes, por veículos oficiais, enquanto que os processos eletrônicos tramitam instantaneamente, via sistema.

"A utilização de ferramentas da tecnologia da informação possibilita uma gestão mais cérele e eficiente, poupando recursos administrativos, reduzindo os prazos de atendimento às demandas da sociedade e encurtando as distâncias", explicou Alice Viana, secretária de Estado de Administração.

"Além da economia e da celeridade na tramitação, deve ser destacada a dupla contribuição do Sistema de Processo Administrativo Eletrônico para preservação do meio ambiente, com a redução do consumo de papel e na emissão de CO2 na atmosfera, pela diminuição do uso de combustível", afirmou Thiago Matos, da Diretoria de Gestão da Cadeia Logística do Estado.

Para Denilse Lima, coordenadora de Protocolo e Arquivo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), a ferramenta otimizou os processos. "Desde agosto de 2016 estamos com a redução do gasto de papel e a celeridade para encaminhamentos de processos, o que facilitou muito o nosso trabalho. A economia com combustível na tramitação de processo entre os órgãos também é um fator positivo em tempos de gestão de gasto público consciente", explicou.

O PAE pode ser acessado através do Link https://www.sistemas.pa.gov.br/governodigital com utilização de um login e senha, que é diretamente solicitado ao gestor do sistema no órgão.

Por Luciana Benicio - Secom